Castanholas

UM POUCO MAIS SOBRE AS CASTANHOLAS




"Castanhetas, castanholas —
Tudo é barulho a estalar.
As que ao negar são mais tolas
São mais espertas ao dar."

[Fernando Pessoa]




A castanhola é um instrumento de percussão atribuída aos fenícios (1.000 aC) e foi introduzido nos demais países do Mediterrâneo (Grécia, Turquia, Itália e Espanha) através do comércio marítimo desenvolvido por esse povo.

Ao longo da história a Espanha preserva e desenvolve sua utilização, desde então, as castanholas são parte da herança cultura do país, e são consideradas como instrumento nacional do folclore.

As castanholas são feitas de dois pedaços de madeira em forma côncava, que estão interligados com uma corda que hoje se coloca ao redor do polegar. Antigamente eram usadas amarradas em todos os dedos, sacudindo os punhos para que houvesse som, essa técnica evoluiu e passou a ser tocado com o dedo médio e golpeando as duas conchas dentro da palma da mão, no século XVIII ocorreu a mudança para o polegar, mudança feita pela Escuela Española Clásica.

Alguns pesquisadores dizem que seu nome deriva do seu formato, que lembra uma castanha, outros dizem que deriva do latim castanea que significa marrom. Antigamente eram feitas de madeira marrom, embora hoje sejam usadas outras madeiras nobres como ébano e jacarandá e outros materiais como marfim, acrílico e plástico.

As castanholas são consideradas idiofone pois é um instrumento musical em que seu corpo ressoa produzindo som. Em qualquer par de castanholas vão haver diferenças de tom, uma tem o som agudo e outra grave, sendo chamadas, respectivamente, de fêmea e macho.

Em português são chamadas castanholas, em inglês castanets, em espanhol castañuelas, em Andaluzia são chamadas de palillos.




"Abaixo de tuas castanholas se rendem os destinos,
E se prendem em ti os sonhos masculinos,
Qual da corda fraca de uma lira, os trinos".

[Ramon Lopez Velarde]



Vídeos com toques de castanholas.








Share this:

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário